O Uso do Aparelho não Diminui Ninguém

A deficiência auditiva começa, via de regra, a ficar comprometedora após os 65 anos. A perda auditiva decorrente deste quadro é conhecida como presbiacusia, que é o envelhecimento natural do ouvido por alterações degenerativas de todo o aparelho auditivo.

Segundo o médico Luis Carlos de Sousa, assim como há o envelhecimento da visão e a pessoa passa a ver menos, com a idade, ela também passa a ouvir menos.
“E como é natural usarmos óculos para ampliar as imagens, também deveríamos usar aparelhos de amplificação sonora.”

 

BARREIRA

Mas, segundo o especialista, uma importante barreira social precisa ser derrubada definitivamente. “Há um preconceito grande em relação aos aparelhos de audição e falta de informação sobre os avanços tecnológicos. O uso do aparelho não diminui ninguém. A perda da audição muda o perfil psicológico da pessoa.”

De todas as privações sensoriais que afetam o idoso, a incapacidade de comunicar-se devido à perda auditiva pode ser uma das conseqüências mais frustrantes, produzindo um impacto profundo e devastador.

“Portadores de presbiacusia experimentam a diminuição da sensibilidade auditiva e redução no entendimento da fala o que compromete seriamente seu processo de comunicação verbal”.

O médico salienta que respostas inadequadas de idosos presbiacísicos geram imagem de senilidade, a qual pode não condizer com a realidade.

“A queixa típica destes indivíduos é a de ouvirem, mas não entendem o que lhes é dito”.
Segundo ela, é comum os familiares descreverem este idoso como confuso, desorientado, distraído, não comunicativo, não colaborador, zangado e, injustamente, senil.

“O aumento da pressão auto-imposta para ser bem sucedido na compreensão da mensagem gera ansiedade e aumenta a probabilidade de falhar. A ansiedade leva à frustração leva à raiva e , finalmente, a raiva leva ao afastamento da situação de comunicação. O resultado é o isolamento e a segregação”.

Jornal expresso popular, 21 de setembro de 2004

Nova plataforma TwinCore

Nova plataforma TwinCore Tecnologia da Rexton está agora disponível em novas linhas de aparelhos auditivos: Joy, Strata, Accord, Charismo; com mais poder no processamento e

LEIA MAIS »
Compartilhe:
Facebook
WhatsApp

Ao navegador neste site, você está de acordo com os nossos termos e condições.